Dicas e Novidades

Entendendo a psoríase

testeira_psoriase3

CONHECENDO A PSORÍASE

A psoríase é uma doença crônica, auto-imune que tem na pele sua forma mais comum de apresentação. Ocorre quando o sistema imunológico envia sinais defeituosos que acelera o ciclo de crescimento das células da pele. A psoríase não é contagiosa e afeta até 3% das pessoas. Até 30 por cento das pessoas com psoríase também desenvolvem artrite psoriásica, o que provoca dor, rigidez e inchaço das articulações.

A psoríase pode ocorrer em qualquer parte do corpo, e está associada com outras graves condições de saúde, tais como diabetes, doenças cardíacas, esteatohepatite não-alcoólica e depressão. A psoríase pode ser desencadeada por fatores internos ou externos, que variam de pessoa para pessoa.

OS 5 TIPOS DE PSORÍASE

1) Psoríase em placas

É a forma mais comum da doença e aparece como placas vermelhas, cobertas com escamas esabraquiçcadas. Estas manchas ou placas na maioria das vezes aparecem no couro cabeludo, joelhos, cotovelos, e parte inferior das costas. Elas são muitas vezes pruriginosas e , raramente dolorosas.

2) Psoríase Gutata

É o segundo tipo mais comum de psoríase, depois de psoríase em placas. Muitas vezes começa na infância, adolescência e ou na idade adulto jovem. Esta forma de psoríase aparece como pequenas manchas vermelhas na pele, geralmente no tronco e membros. Uma variedade de condições pode desencadear a psoríase gutata, incluindo: infecções das vias respiratórias superiores, infecções na garganta, amigdalite, estresse, lesões na pele e algumas medicações. drogas, incluindo antimaláricos e alguns medicamentos de pressão arterial.

3) Psoríase inversa

É encontrada nas axilas, virilha, sob os seios, e em outra dobras da pele como entre as nádegas. Este tipo de psoríase surge como lesões vermelho-vivo que são lisas e brilhantes, além de serem mais sujeitas a irritação por fricção e suor no local. Muitas pessoas têm um outro tipo da psoríase em qualquer outra parte do corpo, ao mesmo tempo.

4) Psoríase Pustulosa

É visto principalmente em adultos, sendo caracterizada por vesículas pustulosas (tipo acne com pus) cercado por pele vermelha. A psoríase pustulosa podem aparecer apenas em certas áreas do corpo, tais como as mãos e os pés, ou cobrir a maior parte do corpo. Inicia-se com vermelhidão da pele seguida pela formação de pústulas e descamação. A psoríase pustulosa pode ser desencadeada por medicamentos, agentes tópicos irritantes, superexposição ao Sol, gravidez, corticóides sistêmicos, infecções, estresse e retirada súbita de medicações sistêmicas (corticóides).

5) Psoríase Eritrodérmica

É uma forma particularmente inflamatória e perigosa de psoríase que afeta a maior parte da superfície do corpo. É caracterizada por vermelhidão generalizada, ardência e escamação. Apresenta, muitas vezes, coceira intensa e dor na pele, além de aumento da freqüência cardíaca e oscilação da temperatura do corpo. É um tipo raro de psoríase, e geralmente, aparece em pessoas que têm psoríase em placas instável.

DICAS PARA LIDAR COM A PSORÍASE

Psoríase genital

  • Iniciar o tratamento imediatamente para obter uma rápida resposta e para evitar complicações;
  • Siga os conselhos do seu médico cuidadosamente;
  • Não aplique pomadas com derivados de alcatrão em alta concentração na região do pênis, escroto ou vulva, ou para áreas com pele com rachaduras. Elas podem causar irritação;
  • Certifique-se que seu parceiro sabe que a psoríase não é contagiosa;
  • Reconhecer como genital psoríase afeta a sua atividades diárias e certifique-se o seu parceiro é consciência disso;
  • Compreender que a psoríase genital, geralmente, não é capaz de causar disfunção sexual;
  • Para os homens pode ser útil usar um preservativo extra lubrificado durante a relação sexual, o que pode manter a pele de tornar-se mais inflamado;
  • Lave todos os medicamentos da área genital antes atividade sexual; certos medicamentos pode ser irritante;
  • Manter a área limpa;
  • Limpar a área e reaplicar os seus medicamentos após contato íntimo com seu(a) parceiro(a).

Coceira no couro cabeludo

  • Use um condicionador sem resíduo após o uso do shampoo para manter o couro cabeludo hidratado. Couro cabeludo seco pode causar ou pior o prurido;
  • Em caso de coceira, NUNCA MACHUQUE O COURO CABELUDO, utilize uma toalha molhada ou compressa fria para pressionar contra o local com coceira;
    Limite o uso de instrumentos quentes para secar os cabelos , deixe os cabelos secar ao ar livre para reduzir o ressecamento do couro cabeludo;
  • Enxaguar com água fria.

Unhas frágeis

  • Use luvas protetoras para lavar os pratos e não exponha as mãos a produtos tipo detergentes;
  • Aplicar hidratante para mãos e unhas após lavar as mãos, tomar banho e antes de ir para a cama;
  • Não use as unhas como uma ferramenta;
  • Não deixe a unha comprida para evitar pequenos traumas. Use uma lixa fina moldar unhas;
  • Não empurre as cutículas.
TRATANDO A PSORÍASE

Os tratamentos para psoríase podem ser utilizados sozinhos ou combinados.

Tratamentos tópicos com e sem esteroides geralmente são a primeira linha de defesa no tratamento da psoríase. Os produtos tópicos tem objetivo de normalizar a reprodução celular excessiva e reduzir a inflamação da psoríase. Há vários tratamentos tópicos eficazes para a psoríase disponíveis somente por prescrição médica.

A fototerapia, envolve a exposição da pele à luz ultravioleta sob supervisão médica. Os tratamentos são realizados em um consultório médico ou em casa com uma unidade de fototerapia.

Medicações sistêmicas são medicamentos que funcionam em todo o corpo. Eles são usados ​​para os indivíduos com psoríase moderada a grave cujos sintomas não respondem a tratamentos tópicos. São usados por via oral, injeção ou infusão, e são divididos em duas categorias: tradicionais e biológicos.

Os imunobiológicos são a opção de tratamento mais recente disponível para abordar a psoríase grave. Diferente dos medicamentos sistêmicos tradicionais que afetam todo o sistema imune, os biológicos possuem alvos específicos do sistema imune.

 

Tratamentos em Destaque

Ver todos os tratamentos

Onde Estamos

Avenida Roberto Silveira, 488 – Icaraí, Niterói – RJ, 24230-160

Contatos

Telefone: (21) 39060000
E-mail: atendimento@centrodermatto.com.br

Voltar ao início

WhatsApp chat