Dicas e Novidades

Dermatologista orienta sobre cuidados com pele e cabelo durante outono

O outono começa daqui há exatamente uma semana e esta estação do ano destaca-se por um clima mais seco e temperaturas mais baixas e, segundo especialistas, sobretudo neste ano, devido aos efeitos do fenômeno climático El Niño, o frio deve inclusive chegar um pouco mais cedo, sendo bem percebido durante todo o outono 2016.
A dermatologista Solange Martins de Souza explicou porque é também nesta época do ano que aumentam as reclamações sobre problemas de pele e cabelo, lembrando que o uso do protetor solar continua sendo indispensável.

“Com o início do outono/inverno renovam-se as queixas sobre os danos causados à pele e cabelos devido às alterações climáticas. O dia fica mais curto, a incidência de radiação solar é menor, porém o protetor solar continua sendo indispensável, até porque durante esta época do ano intensificam-se os tratamentos com ácidos e clareadores, os peelings e as aplicações com laser”, disse.
Dra. Solange ressaltou que o protetor solar deve ser utilizado de acordo com cada tipo de pele. “O protetor solar deve ser usado de acordo com o tipo de pele, existem hoje filtros para todos os tipos de pele”, afirmou, enfatizando que manter a hidratação também neste período do ano é fundamental, já que a tendência é a pele ficar mais ressecada.

“A hidratação da pele é fundamental, pois o seu ressecamento pode se tornar bastante desagradável principalmente para face, braços e pernas. Não podemos esquecer que ingerir bastante líquido é fundamental”, ressaltou a especialista.

“O hidratante também deve ser usado de acordo com o tipo de pele, tanto para face como para o corpo. Pessoas com pele oleosa, às vezes não precisam de hidratantes, mas tudo depende de cada pessoa, se está fazendo ou não tratamento,se fez algum procedimento estético ou cirúrgico”, acrescentou.
Dra. Solange Martins de Souza afirmou que muitas doenças de pele costumam ficar mais acentuadas durante o outono.
“Várias doenças de pele pioram nesta época do ano,como Psoríase, Dermatite Seborreica, Dermatite Atópica, aumentam também as parasitoses (piolho e sarna)”, disse a médica, destacando os principais cuidados com a pele nesta estação.

“É fundamental usar sempre o protetor solar, hidratante se necessário, beber bastante líquido, tomar banhos rápidos, com água morna e com pouco sabonete, fazer uso de sabonetes normais ou com hidratantes para peles muito secas”, enfatizou.

CABELOS
A cabeça contém cerca de 1 milhão de folículos e o couro cabeludo 100 mil. O crescimento normal dos fios de cabelo é de aproximadamente 1 centímetro por mês, sendo eliminados de 80 a 100 fios por dia, que serão substituídos de forma cíclica.
A queda de cabelo, também conhecida como alopécia, é um dos motivos mais freqüentes de consultas ao dermatologista, especialmente por mulheres e jovens. A dermatologista Solange Martins de Souza explicou os problemas que geralmente causam queda de cabelos, tanto em homens como em mulheres.

Sobre os cuidados com os cabelos, a dermatologista explicou que alguns cuidados são extremamente importantes para evitar problemas comuns neste período do ano.
Entre os principais cuidados estão evitar usar água muito quente, utilizar shampoo adequado para o tipo de cabelo, evitar lavar a cabeça à noite, dormir com o cabelo molhado ou preso, usar condicionador se necessário e fazer hidratação somente quando necessário.

De acordo com a dermatologista, quando houver queda de cabelo não é recomendado o uso de toucas térmicas. Também é bom evitar banho de creme, exagero no uso de condicionadores e procedimentos muito agressivos, como alisamento e permanentes.

“Tudo que for em exagero pode piorar as doenças do couro cabeludo e ainda pode desencadear alopécia (queda dos cabelos)”, ressaltou dra. Solange.

Fonte: O Diário

Tratamentos em Destaque

Ver todos os tratamentos

Onde Estamos

Avenida Roberto Silveira, 488 – Icaraí, Niterói – RJ, 24230-160

Contatos

Telefone: (21) 39060000
E-mail: atendimento@centrodermatto.com.br

Voltar ao início

WhatsApp chat